Translate

domingo, 22 de julho de 2012













COMPARAÇÃO


Você rosa minha!
Que nasceste nesse imenso jardim!
Destaca-se dentre outras, a mais bela
de todas as flôres!
É como a jovem a desabrochar para a vida!


Com essa mesma beleza, presenciei  o
despertar da donzela.
Imantando os olhares na sua passagem,
lançando as maldades em suas mentes.
Talvez por ser tão bela!
Fantasiam; com imaginação compulsiva
de atos obscenos e dementes.


Embora a rosa com seus espinhos,
afasta quem quer feri-la e magoar!
O único sempre a seu lado sem cobranças
e exigências a admira,
seu apaixonado cravo,
vivendo ao lado eternamente 
silencioso a amar!
E se contenta com o ar que a própria
rosa respira! 


A donzela trás dentro de sua alma
a inocência de uma criança.
E a rosa guarda dentro do botão,  
a essência do aroma delicado do amor!
A donzela se guarda dos caminhos impuros,
para não viver só,
num futuro de lembranças!
E chorar mais tarde, o desfolhar de sua alma,
que faz questão de guardar,
e viver como criança!
Para ser lembrada no jardim de rosas
e admirada como uma flor!


Por isso rosas dos jardins da vida
que ainda estão em botão:
Se abram, exale seus perfumes,
purificando o desabrochar
também do coração.
Não se extasiam nas ilusões,
entregando a alma ás suas fantasias!
Fazendo-as chorarem, ás vezes sem soluções,
nos caminhos distorcidos das suas paixões.
Evite perder a alegria, as deixando frias.
Para no futuro terem a alma dura e vazia!

A.C.Amorim   








Nenhum comentário:

Postar um comentário