Translate

segunda-feira, 10 de maio de 2010























SENHOR
              DO
                   UNIVERSO

Sentei-me no colchão macio
do alvorecer!
E a cabeça apoiada
no travesseiro das nuvens,
sob o azul do céu,
observava as garças brancas
esquecendo a solidão que o ar
emanava!...

Sonhei no infinito
e com o peito oprimido
ouvi os anjos do amor que
cantavam, dando graças
ao Senhor do Universo.

Que filha sou eu?
Se entendo tudo inverso?...

A plenitude da vida merece
cantigas de louvores...
Louvor pela vida...
Louvor pelos minutos,
que nos é concedido...

A cada instante é de Graças...

Sinto-me carregada,
nas horas ásperas
sem que eu ande com meus pés!
Deixo-me levar no colo do
Senhor do Universo!
Porque não vejo as minhas pegadas.

Então acordo e nesse alvorecer,
ainda deitada preguiçosamente,
abraço o travesseiro das nuvens
aí sim...Sinto-me viver!

23/08/06
A.C.Amorim

===================
Que adianta

De que adianta ter tudo
se contudo a alma está vazia!
Olho para o espelho e mudo,
não transparece nenhuma alegria.

Mergulhada na solidão sem fim,
uno os laços de sonhos às decepções.
Não quero que se apiedem de mim,
porque fugiu-me, as ilusões!

E de que adianta escrever tanto,
se ninguém lê o que escrevi.
Melhor é ficar no meu canto,
e não contar ao mundo, o que sentí!...

16/02/08
A.C.Amorim

================
DEIXEI-TE
Deixei-te quase sem sentido
ao murmurar no teu ouvido
palavras doce de amor.


Com meus toques atrevidos
e o ar tão destemido
ouvia no silêncio teu suspirar!...

No peito a respiração arfante;
tu eras minha e eu teu amante
ali eu era o céu e você o mar!

Mas com um erro inconcebível
me sentia forte e invencível
e terminei flutuando no ar...

Pasmo a ví com saudade
a alma ferida na realidade
do adeus e não mais voltar!...
...
Não bastava ser o rei
sendo que minha coroa,
eu não soube carregar!....

em homenagem a uma amiga, que perdeu
seu namorado.

fev/2007
A.C.Amorim
============