Translate

quarta-feira, 13 de abril de 2011


















Meus
     Domingos

Passo os domingos olhando
as aves no espaço flutuarem
como pluma a bailarem
na leveza do vento.
Admiro-me observando
mergulharem com destreza
içar o peixe que a natureza
ofereceu como alimento.

A água bate nas pedras
com a fúria da maré
e enquanto volta de ré
leva até meu pensamento.
Ou ás vezes quando se quebra
batendo com fúria possessa
parece fazer a promessa
de me trazer o alento.

Preencho meus domingos
vendo as ondas beijar a areia,
me transformo fico alheia
com essa visão aprazível.
No rosto recebo os respingos
enquanto as aves dançam
outras nas árvores balançam
com equilíbrio incrível!

Extasia-me olhar voarem
sobre o extenso azul do mar
e me pergunto, como seria deslizar
sobre as espumas cor da prata!
Ouço os pássaros cantarem
presentes na nossa Natureza,
são cantores na sua pureza
oferecendo as suas serenatas!

A.C.Amorim
13/102008
              <<<<<<>>>>>>


Nenhum comentário:

Postar um comentário