Translate

sábado, 20 de março de 2010

Romper
             da
                  Aurora

Aos meus olhos apraz o romper da aurora!
Que lentamante o céu torna-se cinza claro,
dissipando o véu da negra noite embora,
muitas vezes eu vi mas não enxerguei!

Suavemente o manto azul vai surgindo,
e desaparece o acizentado da noite triste!...
Os pássaros de vários lugares abrindo
suas asas. Ê a essa paisagem quem resiste?

A cantoria dos pássaros do despertar na mata,
ao fazerem revoada barulhentos a cata,
dos insetos; pois sabem que as sementes germinam ...

O sol mostra o amarelo ouro cobrindo,
toda a terra que ainda úmida
do orvalho que aos poucos vai-se esvaindo,
causado pela garoa insistente e miúda!

Senti o calor na terra toda aquecida,
estava aquecida minha alma e o coração!
Assim o amanhecer havia conseguido,
concretizar minha fonte de inspiração!

23/04/2004
A.C.Amorim

Nenhum comentário:

Postar um comentário